Sejam todzs muito bem vindxs.

BIBLIOTECA Turismo Folguedos Sumulas & Leis Novos Autores Voluntários Fale Conosco COLUNISTAS  CONTRIBUA

  São José dos Campos - SP - Brasil

Ajude-nos a manter este veículo de educação

Sobre Cidadania
É importante lembrara que como cidadãos não tenos só direitos, mas também deveres para com a nação, além da obrigação de lutar pela igualdade de direitos para todos, de defender a pátria, de preservar a natureza e de fazer cumprir as leis.
Quais são os direitos e deveres do cidadão?

Leia mais Página 2

O que é ser ético?
A palavra ética vem do grego ethos e significa costume, também pode ser  modo de ser. Podemos dizer que a ética está ligada as nossas ações, aquilo que é certo ou errado.

O que é bom ou mau. Faz parte da natureza humana essa forma de viver, classificando as coisas dessa maneira. Mas essa noção de certo e errado pode variar de pessoa para pessoa. Por um lado temos as normas formais nos dizendo o que podemos e o que não podemos fazer, de outro temos as normas sociais que também nos mostram como devemos agir, mas existe a nossa liberdade de escolha aí no meio e ela é quem vai dizer se somos ou não pessoas éticas, se estamos agindo com ética. Abordar esse tema inclui falar de responsabilidade, liberdade, condutas e regras.

 

Leia mais Página 3

PRINCIPAIS MATÉRIAS DO MÊS

 

Origem da calçada portuguesa: tudo começou por causa de um rinoceronte
Sabia que a origem da calçada portuguesa se deve a um rinoceronte chamado Ganga? Descubra a curiosa história das pedras que enfeitam as ruas portuguesas e de muitas cidades no mundo.


Leia mais Página 7

Um surto de coronavírus pode ter varrido o leste da Ásia 20 mil anos atrás.
Resultados de pesquisa publicada na Current Biology mostram como a busca por traços genéticos de surtos virais históricos pode nos ajudar a tratar os surtos do futuro.

Leia mais Página 5

Como os navios dos Templários deram origem ao Império Português
Enquanto eram perseguidos em toda a Europa, Portugal resolveu dar apoio e asilo aos Templários. Mais tarde, contribuíram para construir o Império Português.
 

Leia mais Página 6

Em marcha, a Educação uberizada
Professores são substituídos por aulas gravadas; as trocas coletivas, pelo ensino remoto; robôs para atender alunos. Discurso de modernização é usado para corte de verbas e precarização. Evitar distopia requer “trabalho vivo” e disputar as tecnologias.

Leia mais Página 10

Estudo destaca o papel da diplomacia de Daomé no tráfico de escravos para o Brasil
O Brasil foi o país que mais recebeu africanos escravizados e o último do Ocidente a abolir formalmente a escravidão. Estima-se que 4,8 milhões de africanos tenham sido transportados para o Brasil e vendidos como escravos.
Outros 670 mil teriam morrido no caminho.

Leia mais Página 12

Nossa memória no futuro
As duas primeiras décadas do século XX ficaram na memória de brasileiros e europeus como tempos sombrios. Lá ocorriam guerra, revoluções e uma epidemia, a gripe espanhola.

Leia mais Página 13

A morte da língua indígena – e dos saberes ancestrais.
Da aspirina à morfina, nossa vasta farmacopeia deriva do saber indígena e da biodiversidade. Estima-se que 30% das línguas originárias estão sob o risco de extinção – e junto, curas para uma civilização ameaçada por vírus e ignorância
As lendas e histórias sobre a magnitude da Biblioteca de Alexandria, no Egito, e a tragédia de sua destruição, por ordem do califa Omar, em 641 da Era Cristã, habitam corações e mentes há séculos. Dizem que é incomensurável o conhecimento perdido nos rolos que foram incendiados para alimentar, por cerca de seis meses, as caldeiras dos quatro mil banhos públicos da cidade.

Leia mais Página 14

A inflação brasileira, os juros e a miséria.
Enfrentar alta dos preços julgando que população consome muito é insano. Ao elevar taxa Selic, BC alavanca a recessão e impulsiona concentração de renda. Sem enfrentar o desemprego e queda da renda, não haverá alívio ao trabalhador.

Leia mais Página 15

Não há o que temer no comunismo
Já não é de hoje que toma corpo a esquerda paz e amor. Essa ideia insana de que é possível humanizar o capitalismo. E, nesse diapasão vamos vivendo lutas por políticas públicas, de apaziguamento da miséria, propostas alternativas isoladas que não enfrentam o capitalismo ou ainda a ingênua intenção de um desenvolvimento sustentável no rumo de uma nação com bem estar social. Tudo bem se essas batalhas forem encaradas como reformas necessárias num caminho para outra forma de organizar a vida. Mas, crer nessas propostas como um fim em si mesmas é ilusão.

Leia mais Página 16

Nossa Biblioteca

Conheça

Diversos arquivos com dicas sobre Leis, E-books com dados sobre todas as regiões do Leste do Estado de São Paulo, Litoral Norte, datas comemorativas e

muito mais... 

Nossa Biblioteca

Acesse todas as edições do jornal

 

Ajude-nos a manter este veículo de educação

Informar para educar - Educar para formar - Formar para transformar
Produzir um site dirigido á educação do cidadão demanda muitos recursos e os leitores são essenciais para garantir
que esse trabalho de qualidade continue existindo. Apoie a Gazeta!
Gostou? CONTE-NOS COMO PODEMOS MELHORAR > Fale conosco
* Favor informar algum erro >>>> Fale conosco
Site atualizado em 1-7-2021