HOME

Escolha seu roteiro

 

Circuito do Alto Paraíba

 

Circuito Serra da Mantiqueira

     

Circuito Rota da Fé

 

Circuito Vale Histórico

 

Circuito Costa Verde

 

Circuito das Águas

 

Circuito Turismo Rural

 

Circuito Roteiro dos Bandeirantes

 

Circuito Caminhos do Tietê

 

Circuito das Frutas

 

=============================

Escolha seu roteiro

Águas de Lindóia

Amparo

Jaguariúna

Lindóia

Monte Alegre do Sul

Pedreira

Serra Negra

Socorro

Campos do Jordão

Santo António do Pinhal

São Bento do Sapucaí

=============================

 

História do Vale do Paraíba



O Vale do Paraíba é uma região socioeconômica que abrange o Leste do Estado de São Paulo e Oeste do Estado do Rio de Janeiro, e que se destaca por concentrar uma parcela considerável do P.I.B do Brasil. O nome deve se ao fato de que a região é parte inicial da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul. Deve-se ressaltar que o nome refere-se apenas a uma região com certas características socioeconômicas, já que o rio Paraíba do Sul estende-se ao longo de quase todo o comprimento de todo o Estado do Rio de Janeiro e separa parte deste Estado do Estado de Minas Gerais.
Localiza-se as margens da Rodovia Presidente Dutra (BR-116), exatamente entre as cidades do Rio de Janeiro e São Paulo.


A população somada de todas as cidades da região é de quase 3,3 milhões de habitantes. As cidades mais importantes da região são:
No lado Fluminense: Volta Redonda, Rezende, Barra Mansa e Barra do Piraí.
No lado Paulista: São José dos Campos, Taubaté, Pindamonhangaba, Jacareí, Guaratinguetá, Lorena e Cruzeiro.


Outras cidades que compõem a região são:
No lado Fluminense: Itatiaia, Pinheiral, Piraí, Barra do Piraí, Porto Real, Guatiz e Rio Claro.
No lado Paulista: Aparecida, Arapeí, Areias, Bananal, Caçapava, Cachoeira Paulista, Campos do Jordão, Canas, Caraguatatuba, Cunha, Guararema, Guaratinguetá, Igaratá, ilha Bela, Jacareí, Jambeiro, Lagoinha, Lavrinha, Monteiro Lobato, Moreira César, Natividade da Serra, Paraibuna, Piquete, Potim, Que Luz, Redenção da Serra, Roseira, Salesópolis, Santa Branca, Santa Izabel, santo Antonio do Pinhal, São Bento do Sapucaí, São José do Barreiro, São Luiz do Paraetinga, São Sebastião, Silveiras, Tremembé e Ubatuba.


A história do Vale do Paraíba está intimamente ligada ao ciclos econômicos do café, período em que deu prestígio e poder político à Região. À respeito da cidade de Lorena que começou seu desenvolvimento com o ciclo do ouro nos anos de 1700 devido à passagem pelo Rio Paraíba do Sul.


No início do século XX, um grupo de religiosos da Ordem Trapista se instalou na fazenda Maristela, em Tremembé, e introduziu a cultura do arroz nas Várzeas do rio Paraíba do Sul, além das novas técnicas de plantio e irrigação.


A produção de leite foi introduzida com a decadência do café, ocorrida a partir da crise econômica mundial de 1929.


Durante a década de 1940, foi construída e começou a operação da primeira ciderúrgica integrada do Brasil, a CSN, instalada em Volta Redonda.


A partir da década de 1950, a Região industrializou-se rapidamente. Nesta época, destaca-se a criação do Instituto Tecnológico da Aeronáutica, a conseqüente instalação da indústria aeronáutica com a criação da Embraer em São José dos Campos e a fábrica veicular Volkswagen e eletrônicos LG, ambas na cidade de Taubaté.

Agropecuária

A agropecuária é de grande importância para vários Municípios dessa Região.
O Vale do Paraíba é o segundo maior pólo produtor de leite do País. Por questões conjunturais, a produção de leite se encontra em decadência, mas ainda sustenta grande parte da população rural dos pequenos Municípios.
O arroz é um dos mais importantes produtos agrícolas da Região atingindo na safra de 2002/2003, a marca de 850 mil sacas de 60 KG.

Ensino Superior

O Vale do Paraíba é uma Região com grande concentração de instituições de ensino superior, dentre as quais destacam-se as públicas: ITA, Unitau, Unifesp, USP e Unesp. Na Região também estão situadas a Univap, Unisal e a Fatea. No Vale do Paraíba também estão localizados vários Campos da Unesp, UFF, UERJ, Unifei, um pólo do Sederj, unidades da Fatec, Faetec e Etep.
Estas instituições destacam-se no ambiente de ensino nacional pelos seus cursos em tecnologia.