HOME

 

 

UNIDOS PODEMOS VENCER

Quando desconfiamos de tudo e de todos e recusamos participar de movimentos contra esse sistema falido, significa que não acreditamos em nossa força e dessa forma, fortalecemos os tiranos da pátria.

É preciso reescrever nossa história, reparar as injustiças, vencer o medo e concentrar nossas forças.

O povo precisa tornar-se visível, arrancar o poder “deles” e nos tornar uma potência para tomar as rédeas de nossas vidas.

De que adianta ter carro e não poder sair, ter dinheiro para comprar remédios e permitir que nos tirem a saúde?

Ainda temos chance de recomeçar, mas é preciso ação, união, estamos à beira da eleição e talvez de um colapso social sem volta se não lançarmos mão de nossos direitos, exigir que nos devolvam os benefícios conquistados, o futuro de nossas crianças com a educação, a dignidade de nossos jovens com trabalho, o bem estar dos nossos idosos com a saúde e qualidade de vida para os filhos e netos com segurança.

Estão nos deixando para trás?

Sim estão e a distância está ficando cada vez maior e nos tornando apáticos, mentes fracas, sem líderes bem intencionados. A droga invade nossas casas e a população envolvida num mar de ilusões falsas, assiste a tudo como se estivesse num estado de embriaguez.

Nossa gente, não tem onde morar, onde se abrigar, não tem assistência. O chão se abre a cada dia levando a todos para um buraco sem fim. A desigualdade é muito avassaladora, estamos divididos entre os ricos e os miseráveis. O que é isso? Não podemos continuar nessa maré que nem é de azar e sim de safadezas, da falta de caráter e de vergonha cada vez mais despudorada dos nossos políticos.

Exigir dos responsáveis pelo país é pouco, “eles” nos devem tudo, tudo que nos foi tirado. Não podemos cair na inércia e deixar que levem nosso fio de esperança, devemos aos nossos filhos e netos uma atitude pra mostrar que valeu à pena nosso trabalho, nossa luta, a conquista pela democracia, a honestidade com que levamos nossas vidas, a fé em nós mesmos para que todos se sintam capazes de derrotar o inimigo.

Esperamos mais do que “eles” tinham para nos oferecer, hoje temos apenas a frustração, mas, não vamos nos condenar para sempre a ficar nesse mar de lama e ver nossas cidades cada vez mais destruída, os jovens absortos em seus fones de ouvido alienados de tudo e, parece que só se acorda, quando a chuva leva tudo de todos, o fogo se alastra, os traficantes levam nossos filhos, a prostituição leva nossas meninas, os hospitais acumulam corpos que nem sempre voltam vivos, a violência abarrota os cemitérios e todos os dias nosso povo chora enquanto alimentamos os traficantes e políticos na prisão que mantém suas famílias em suas confortáveis casas enquanto lá fora, os moradores de rua se acumulam pelo chão.

Brasil, país de corruptos, de políticos com dólares na cueca, a cada dia um escândalo novo, não existe ética e nem moral em nossa pirâmide social. Enquanto uns irão morrer de trabalhar, outros ganham o que não merecem “mordendo” o nosso.

Políticos que não nos representam, se agrupam falando alto, se xingam e se afrontam parecendo gralhas. Palavras fúteis e vazias.

Vamos, povo dessa nação, levantem-se, ergam-se, deem-se as mãos e vamos em frente, seguir adiante e tirar deles o poder e pedir a Deus que volte a ser brasileiro para que “ELE”, assim, tenha orgulho de nós!

Genha Auga – jornalista

MTB:15.320