Política nas escolas

      Antes de entrar no assunto em si, quero avisar aos leitores que eu não apoio doutrinação ideológica nas escolas, nem esquerdista, nem centrista e nem direitista. Não é isso que proponho. Opinião política, cada pessoa tem a sua, conforme a sua própria consciência. 

     Contudo, eu sou completamente a favor de ensinar aos alunos as funções, as competências, as atribuições de cada cargo político. Ou seja, o que faz um Vereador? Quais são as leis trabalhadas por um Vereador?

O que um Vereador realmente pode fazer e o que um Vereador não pode fazer?

Quais os direitos de um Vereador?

O que faz um Deputado Estadual?

Quais são as leis trabalhadas por um Deputado Estadual?

O que um Deputado Estadual realmente pode fazer e o que um Deputado Estadual não pode fazer?

Quais os direitos de um Deputado Estadual?

O que faz um Deputado Federal?

Quais são as leis trabalhadas por um Deputado Federal?

O que um Deputado Federal realmente pode fazer e o que um Deputado Federal não pode fazer?

Quais os direitos de um Deputado Federal? O que faz um Senador?

Quais são as leis trabalhadas por um Senador?

O que um Senador realmente pode fazer e o que um Senador não pode fazer?

Quais os direitos de um Senador?

O mesmo referente à um Prefeito, à um Governador e à um Presidente. E também, as funções, atribuições ou competências do Supremo Tribunal Federal na condição de Tribunal Constitucional.

     O cidadão brasileiro, para que consiga ser um eleitor mais responsável e mais consciente, necessita ter a compreensão básica do que é Processo Legislativo e do que é Controle de Constitucionalidade.

Não necessita ser especialista nesses assuntos, mas necessita ter uma noção básica, ao menos. Porque votos errados trazem consequências desastrosas, como corrupção e mordomias esbanjadas, desemprego, crise econômica ou estagnação econômica, inflação descontrolada, perda de direitos trabalhistas, perda de direitos individuais, perda de direitos sociais, serviços públicos de saúdes ruins, serviços públicos de educação ruins, a sociedade passando vergonha diante do mundo inteiro por causa dos escândalos de corrupção constantes, criminalidade forte, destruição do meio ambiente... a democracia representativa só funciona bem em sociedades bem instruídas, bem informadas. Senão, vira política de pão e circo.

      Partido, ser liberal ou conservador, ou progressista, ou nacionalista, ou socialista, é da consciência de cada um. Mas o papel de cada cargo eletivo, isso tem que ser ensinado nas escolas de ensino médio. Ou, a maioria das pessoas no Brasil nunca vai aprender a votar de forma correta por não compreender o papel de cada cargo político no sistema representativo.

Nem todo mundo gosta de política, mas os políticos têm poder para causar muitos prejuízos e criar muitos obstáculos na vida de cada cidadão comum.

Então, não há como fugir da política e viver bem a sua vida. Principalmente os não-ricos.

A Reforma Política precisa ser feita também no que se refere aos eleitores. Esclarecer como o sistema funciona.

João Paulo E. Barros

 

Página Inicial

 

Todos os jornais PDF

 

Compêndios (PDF)
- Vale do Paraíba Paulista
- Região Serrana da Mantiqueira
- Litoral Norte Paulista
- Região Bragantina
- Região Alto do Tietê
- Manual Ecológico

- Relatório COP21 (Inglês) - Paris 2015/30

 

Matérias Fixas

- Turismo no Est. de São Paulo
- Cone Leste Paulista
- Região Metropolitana de São Paulo

 

Regiões/Culturas/Turismo
- Circuito das Águas
- Circuito Alto Paraíba
- Circuito Mantiqueira
- Costa Verde
- Caminhos do Tietê
- Rota da Fé
- Rota dos Bandeirantes
- Turismo Rural
- Vale Histórico
- Festas e Festivais
- Cortejos
- Danças
- Romarias
- Música de Raiz Vale do Paraíba
- Folguedos

 

Biblioteca de Projetos

 

Gazeta Valeparaibana

Expediente

Redação

Administração

Redes Sociais

Facebook

Vk

Twiter

Faça a sua doação

Mensal

Anual

Recicláveis

Você Leitor

Quer ser um voluntário?

Novos autores

Fale conosco

Outras facilidades

Sua opinião

Tribuna Popular (reclamações)

Turismo