HOME

Escolha seu roteiro

 

Circuito do Alto Paraíba

 

Circuito Serra da Mantiqueira

     

Circuito Rota da Fé

 

Circuito Vale Histórico

 

Circuito Costa Verde

 

Circuito das Águas

 

Circuito Turismo Rural

 

Circuito Roteiro dos Bandeirantes

 

Circuito Caminhos do Tietê

 

Circuito das Frutas

=========================

Circuito das águas

Águas de Lindóia

Amparo

Jaguariúna

Lindóia

Monte Alegre do Sul

Pedreira

Serra Negra

Socorro

Campos do Jordão

Santo António do Pinhal

São Bento do Sapucaí



Circuito Turístico - Caminho das Frutas

 

O Caminho das Frutas conhecido nos circuitos turísticos como "Circuito das Frutas" é um pólo turístico que reúne nove municípios, a saber: Indaiatuba, Itatiba, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira, Morungaba, Valinhos e Vinhedo, formando entre si um roteiro gastronômico e cultural bem dinâmicos. A região é uma importante produtora de produtos agrícolas, especialmente de frutas, destinadas ao comércio no Brasil e no exterior. Destacam-se entre os produtos a uva, o morango, o pêssego, a goiaba, a ameixa, o caqui, a acerola e o figo, pela sua qualidade  e suculência.

 

 A região também  tem importante destaque nacional na produção de vinhos. Na parte não agrícola, a região também apresenta um bom Turismo Rural, além de roteiros gastronômicos que vão desde a comida de fazenda (cozinha caseira típica) aos restaurantes de alto nível internacional.

É a região indicada para quem gosta da "Cultura da Roça" e comida boa!

 

 CIDADES DO CIRCUITO

 

Jundiaí localiza-se entre as cidades de São Paulo e Campinas. Distante 49 quilômetros da Grande Capital São Paulo, com acesso pela Via Anhanguera e, situada a 37 quilômetros de Campinas é uma cidade de alto índice de Desenvolvimento Urbano (IDHM - 0,857), muito acima da média do Estado que é de 0,814, segundo dados do IBGE do ano 2000.

A cidade tem como seus principais atrativos turísticos os seus Parques Municipais, a saber: o "Parque da Cidade", situado ás margens da represa, que conta com uma extensa área verde e equipamentos para a prática dos mais diversos esportes; o "Parque dos Trabalhadores", com funcionalidade voltada para a família, possuindo uma extensa área verde, bem como churrasqueiras e quiosques para o lazer de final de semana e, por ultimo, o "Jardim Botânico", onde a população e os visitantes encontraram bela cachoeiras, trilhas e jardins temáticos.

Além dos parques atrás mencionados, o mais conhecido é o "Parque Comendador António Carbonari", conhecido como o "Parque da Uva", por abrigar a sua tradicional "Festa da Uva". Inaugurado em 1953, abriga também a concorrida Festa do Morango de Jundiaí, além de diversos eventos artísticos, comerciais e religiosos.

Como Terra da Uva, também produz bons vinhos e suas adegas, sítios e fazendas são um percurso gastronômico que não deve ser desperdiçado, para degustação de vinhos, de queijos e comidas típicas.

Outras atrações da cidade são suas Feiras de Artesanato e a Serra do Japi (Foto ao lado), com sua exuberante beleza natural, propiciando a prática dos mais variados esportes.

 

Jarinu, esta bucólica cidade, encrava entre vales e montanhas, rodeada por uma natureza intocada tem-se como um dos melhores climas do mundo; envolta em um cenário perfeito para se desfrutar de momentos de muita emoção, diversão, lazer e sossego. Entre seus atrativos turísticos se incluem pesqueiros de alto nível, artesanatos, fazendas históricas, alambiques, adegas  e, do ponto de vista de monumentos entre eles se destaca a  sua famosa estátua do Cristo.

 

Indaiatuba, é uma das maiores cidades da região, com mais de 200 mil habitantes. Além de suas festas típicas, como a da  uva, a do caqui e a da acerola, a cidade oferece diversos roteiros de visitação e entretenimento a seus visitantes.

Também do ponto de vista histórico, Indaiatuba nos pode mostrar o seu passado, graças aos esforços de preservação de seus monumentos, de seus marcos históricos e culturais e, de sua natureza característica.

Em virtude de ser uma cidade com alto desenvolvimento industrial o Turismo de Negócios também se encontra bem desenvolvido na região, havendo inclusive um circuito de turismo de negócios virado exclusivamente para o setor tecnológico e científico.

 

Itupeva, antigo Distrito de Jundiaí, é uma típica cidade do interior, com seus pouco mais de 36 mil habitantes. No entanto, as opções de turismo na região são muitas e variadas. Em seus percursos turísticos, a quem chamam de Rotas, temos a destacar: a Rota do Mel, a Rota dos Escravos (histórica) e a Rota dos Parques, entre outras.

Itupeva concentra um grande número de pesqueiros e, anualmente realiza a tradicional "Festa da Uva".

 

Valinhos, é conhecida como a "Capital Brasileira do Figo Roxo"; outra cultura que disputa com o figo o ranking de maior produção da cidade é a Goiaba e que vem ano após ano, cada vez mais se tornando tradicional.

A idéia de Monsenhor Bruno Nardini de ajudar os Chacareiros na comercialização de seus frutos, quando a "Festa do Figo" era ainda uma "quermesse", continua sendo hoje um dos atrativos que levam os agricultores da cidade a expor seus produtos durante o evento, nessa agora grande festa.

Saborosas, as mais variadas frutas cultivadas no município, reconhecidas por sua qualidade, são uma vitrine da rica e sofisticada agricultura de Valinhos.