Contribua com a educação Anuncie veja o mídia                 Erros -Comunique-nos por favor                  Atualização: 01-09-2017

Turismo Regional - Saúde

Onde estou> HOME

São José dos Campos - SP - Brasil

 

HOME

VOLTAR PARA TURISMO

Escolha seu roteiro

 

Circuito do Alto Paraíba

 

Circuito Serra da Mantiqueira

     

Circuito Rota da Fé

 

Circuito Vale Histórico

 

Circuito Costa Verde

 

Circuito das Águas

 

Circuito Turismo Rural

 

Circuito Roteiro dos Bandeirantes

 

Circuito Caminhos do Tietê

 

Circuito das Frutas

Águas de Lindóia

Amparo

Lindóia

Monte Alegre do Sul

Serra Negra

Socorro

Campos do Jordão

Santo António do Pinhal

São Bento do Sapucaí

Boa Viagem

Monte Alegre do Sul

Famosa pelas qualidades medicinais de suas águas, a estância hidromineral de Monte Alegre do Sul

é protegida pelas últimas ramificações da serra da Mantiqueira, no vale do rio Camanducaia.

A duas horas de São Paulo, esta hospitaleira cidade oferece uma variedade de atrativos, além de

fontes e banhos termais. As plantações de morango, alambiques de cachaça e produção de vinhos

são um convite ao paladar do visitante.

A região, no final do regime monárquico, atraiu alguns desbravadores de Amparo e Bragança Paulista, que se estabeleceram no vale do Camanducaia formando sítios e fazendas de café entre as matas naturais. Esse clima bucólico permanece até hoje em pousadas e pontos turísticos.

No Balneário Municipal, uma construção em estilo neocolonial clássico, é possível programar diversas sessões antiestresse, como banho de imersão, banho de espuma, sauna úmida e seca, massoterapia.

Para os apreciadores de uma cachaça especial e de vinho artesanal, Monte Alegre possui muitos alambiques, a maioria deles na zona rural. Localizados em propriedades particulares, produzem

licores, cachaça e vinho, mantendo a tradição de famílias residentes na região há muitos anos. Além

dos produtos feitos com cuidado, os arredores dos alambiques são o ambiente perfeito para passar

o dia em meio ao verde das matas.

Entre os prédios históricos, merece uma visita mais demorada a antiga estação de trem da Mogiana, restaurada em 1996. Hoje, no local, existe a Biblioteca Municipal Hildebrando Siqueira e a sede do Departamento Municipal de Turismo.

A fazenda Salmo 23 está instalada em um local belíssimo, com trilhas que passam por nascentes,

onde é possível tomar banho em uma ducha natural. Na fazenda, encontra-se o ateliê do artista plástico Edson Peres, que, trabalhando a madeira com grande precisão, transforma-a em obras de arte. Outra atração é o alambique de pedras, onde é possível degustar licores de diversos sabores, além da legítima cachaça artesanal de cana, cachaça de morango e de outras frutas. É preciso agendar com antecedência.

Em Monte Alegre do Sul também é possível beneficiar-se de águas minerais das diversas fontes espalhadas pela cidade. Uma das mais visitadas é a fonte da Índia, muito conhecida pela lenda acerca da índia Obirici e as propriedades medicinais de suas águas. Localizada na Estação Experimental

Apta, a fonte é cercada de muito verde em uma estrada bastante arborizada, ideal para a prática de caminhadas.

Outro destaque é o Polo Regional de Desenvolvimento Tecnológico dos Agronegócios do Leste Paulista, onde está instalada a Fazenda da Estação Experimental. Com uma área total de 352

hectares, a fazenda foi criada em 1942 com o objetivo de estabelecer bases técnicas para a cultura

de café, frutas e hortaliças. Há ainda uma serralheria antiga, onde há hoje um projeto para aprendizes, um viveiro de mudas nativas e diversas estufas onde são realizadas pesquisas agrícolas com café, morango, goiaba, pêssego, ameixa, uva e outras frutas e hortaliças. A exemplo da arquitetura da fazenda, o belíssimo casarão antigo é um dos locais mais fotografados pelos turistas por seu estilo colonial da época do café. Foi na estação experimental que, na década de 1940, foi feita a climati-

zação do morango no Estado de São Paulo.

Para quem gosta de apreciar detalhes arquitetônicos, o santuário do Senhor Bom Jesus vai agradar.

Inaugurado em 6 de agosto de 1919 pelo então bispo Dom Nery, de Campinas, tem como destaques

a beleza arquitetônica, seu interior todo ornamentado por pinturas do renomado artista italiano

D. Rocco, o altar-mor todo entalhado em madeira e os outros altares, em mármore esculpido. O santuário foi restaurado em 1997 e recebe diversas romarias.

Se você quer além da natureza, ter diversão, visite a cidade durante a tradicional Festa do Morango. Além de apreciar a fruta nas mais diversas apresentações, você poderá assistir a shows e degustar quitutes da culinária paulista.
 

A única possibilidade de nos eternizamos nesta frágil vida, é plantando boas sementes.

É a melhor herança que deixamos!  

GOSTOU? Chame os seus amigos para se juntarem a nós! Tweetar  

Projeto iniciado em 2007 - Ultima atualização geral em 01.01.2017
Protocolizado sob o nº. 27.616 em 04/12/2009 e registrado em microfilme sob o nº. 18.112 em 15/12/2009 - 1º Cartório Registro S.J.C. - SP

Copyright©Gazeta Valeparaibana