HOME

Circuito das águas

O que é água mineral?

Águas de Lindóia

Amparo

Monte Alegre do Sul

Serra Negra

Socorro

Campos do Jordão

Santo António do Pinhal

São Bento do Sapucaí


São Bento do Sapucaí

São Bento do Sapucaí é uma das onze cidades classificadas pelo Governo Estadual de Estâncias Climáticas e Hidrominerais, que por cumprirem uma série de requisitos, assim são classificadas. e faz parte do Cone Leste Paulista.

 

Localizada em plena Serra da Mantiqueira, numa região de natureza privilegiada, São Bento do Sapucaí possui em seu domínio territorial, rios, cachoeiras, montanhas e muito verde, que convivem harmoniosamente.

 

Artesanato, manifestações culturais, rico acervo de tradições, riquíssimas festas religiosas, Banda Municipal, Bonecões que fazem sua apresentação na época carnavalesca e a Fanfarra Municipal , são itens e características especiais que compõem a alma deste Município.

Sua topografia que alterna Vales e Montanhas, Picos, Paredões e farta vegetação, propiciam um clima ameno e saudável, convidativo a passeios, caminhadas e todo o tipo de esportes, o que tornou a cidade conhecida como "A Estância Aventura".

 

Na Pedra do Baú ou em suas Cachoeiras, pode-se praticar: Vôo Livre, Escalada em Rocha, MotoCross, BiciCross, Pesca, Treking, Cavalgadas, Rapel, Tirolesa, Jipe e Alpinismo, tudo isto é possível na "Estância Aventura".

 

São Bento do Sapucaí, também é muito rica em rios, riachos e cachoeiras, entre as quais destacamos: Cachoeira do Baú, Cachoeiras do Monjolinho, Cachoeira do Torto, Cachoeira do Poção, Cachoeira do Tobogã, Cachoeira das Morenas, Cachoeira dos Amores, Cachoeira da Duchinha, Cachoeira do Barão, Cachoeira do Encontro e Cachoeira do Toldi.

 

História

 

O surgimento de São Bento do Sapucaí, primeiramente batizada Terras Altas do Sapucaí, foi impulsionado pelo bandeirismo e a mineração. Acreditava-se que a região ocultava uma grande oportunidade para a extração de ouro, o que foi o principal atrativo para a vinda dos sertanistas da região, dentre eles, Gaspar Vaz da Cunha, o Oyaguara, um dos primeiros a chegar às serranias do alto da Mantiqueira, juntamente com outros bandeirantes.
Entusiasmado com o solo fértil e o clima temperado que a região propiciava, Oyaguara passou a convidar pessoas de São Paulo e Minas Gerais para se estabelecerem ali e assim deu-se início ao povoamento.
Aos poucos, com o declínio da exploração do ouro, os desbravadores foram percebendo a riqueza do solo das Terras Altas do Sapucaí. Assim, o cultivo do fumo, da cana-de-açúcar e do café foi dando espaço ao crescimento do lugarejo que, após ter sido elevado à categoria de Freguesia, no ano de 1832, passou à Vila, em 1858, e quase uma década depois, tornou-se Cidade pela Lei nº 48, passando a ser Estância Climática em 26 de janeiro de 1976.

São Bento do Sapucaí ilustra ainda em sua história um papel importante na Revolução Constitucional de 1932, tendo sido palco de combates travados entre paulistas e mineiros. O estado de Minas Gerais decidiu na época, no último minuto, se aliar a Getúlio Vargas e permitiu que seu território, o qual faz divisa com São Paulo ao sul e ao oeste, fosse usado pelas tropas federais de Vargas no combate aos paulistas.
O Museu da Revolução de 1932, inaugurado em 2004, foi instalado em uma casa construída em pau-a-pique, que fica em cima de uma trincheira original da Revolução Constitucionalista de 1932, no Morro do Quilombo, em SBS. Ele conta a história do lugar e tem um acervo que traz fotos, objetos e armas da Revolução de 32, encontrados na região.
Nas páginas atuais de sua história, SBS encontra no cultivo da banana e na pecuária os seus carros-chefes para a economia local. Porém, o turismo tem se apresentado como um grande aliado da cidade, a qual tem muito a oferecer aos turistas que a visitam.