* Bem vindo á Gazeta Valeparaibana

  HOME Turismo Folguedos Sumulas & Leis Novos Autores Voluntários Fale Conosco COLUNISTAS CONTRIBUA

Gazeta Valeparaibana

"Analfabeto não é aquele que não aprendeu a ler. Analfabeto é aquele que aprendeu a

ler e não lê."

Mário Quintana

Onde estamos: São José dos Campos - SP - Brasil

O paranormal Carlinhos ficou conhecido em todo o país por ter previsto a tragédia envolvendo o time da Chapecoense. Os anos passaram e o nome do vidente continua sendo um dos mais relevantes desse tipo de área.

O vidente falou sobre o presidente eleito, Jair Bolsonaro. A previsão é de certa forma terrível, já que envolve o nosso futuro. Segundo Carlinhos, mesmo tendo prometido fazer o melhor para o Brasil, a gestão de Bolsonaro não será fácil.

Em suas previsões, ele vê um problema em seu caminho e diz que Jair Bolsonaro poderá ter uma dificuldade em seus quatro anos de mandatos. Ele não saber se é saúde, mas “o vice vai tentar atrapalhar nessa situação”.

Um estadista de verdade

Neste século XXI, o mundo já não está divido entre os antagônicos blocos liderados pelos Estados Unidos e União Soviética. A União Soviética já não existe mais. Mas os países ocidentais ainda se incomodam com a posição russa na geopolítica. Por que a Rússia é tão incômoda ao Ocidente?

 

Nossa Biblioteca

Viabilidade

 

Já faz tempo que o MERCOSUL e a União Europeia tentam fazer um acordo comercial. É um acordo para abrir o MERCOSUL para os europeus e abrir a UE para os membros do MERCOSUL. Mas, a quem no Brasil, um acordo com a União Europeia vai realmente beneficiar? O Mercado Europeu vai fazer a indústria brasileira ser mais competitiva? Uma vez que o Mercado Europeu é muito exigente? Ou a indústria brasileira vai ser massacrada pela indústria europeia? Não está sendo defendido aqui que o governo brasileiro proteja uma indústria que não é competitiva, mas se o mercado brasileiro vai passar a ser praticamente regulado pela União Europeia ou não e, se a desindustrialização nacional brasileira vai disparar desemprego massivo nesse setor da economia brasileira.

Carta aberta a um amigo que odeia Cuba

 

Tantos anos se passaram desde a nossa infância, desde as nossas férias de verão , quando brincávamos juntos no mar ainda verde esmeralda de Ubatuba, onde nossos pais tinham a casa de praia e onde vivemos grande parte da magia daqueles anos.

Você sempre sonhou em ser médico. Desde aquela tarde de janeiro em que levei 6 pontos na mão, depois de um tombo de bicicleta, e você cuidou do meu ferimento e, antes de chamar minha mãe, amarrou sua camiseta no ferimento para estancar o sangue.

Eu tinha apenas 9 anos e já sonhava em ser jornalista e contar histórias de guerras e de amor. Você tinha 12 anos e sonhava em ser médico..

Aquela menina ainda vive em mim e se tornou de fato com uma escritora e correspondente internacional. Você também realizou o sonho de se tornar um médico , mas quando nos reencontramos, há dois anos, uma tristeza imensa colonizou meu coração.

 

Mais matérias online:

 

- EDITORIAL: E já é Ano Novo de novo

- CRÔNICA DO MÊS: 2018 para 2019

- E a intolerância e a ignorância continuam

- O fim do Estado de Direito?

- Vamos ignorar o elefante na sala?

- Papo pra depois

- O mercado precisa explicar

- Desigualdade de riqueza e desequilíbrio do poder: Uma crise Global

- Transformação global cinco políticas para um mundo próspero e sustentável

- Porque alimentamos covardemente o ódio religioso?

- O incêndio do Museu Nacional e o epistemicídio como projeto político de esquecimento

- Mais matérias no PDF ou na Revista.

 

* Caso precise baixe o PDF completo gratuitamente.

Jornal em REVISTA

Clique na imagem para

ler online

Gazeta Valeparaibana

 

Informar para educar - Educar para formar - Formar para transformar

PRIVACIDADE

TODOS OS DIRETITOS RESERVADOSGAZETAVALEPARAIBANA-2007